Descubra agora se as verrugas genitais estão sempre relacionadas ao vírus HPV ou podem ter outra origem?

As verrugas genitais estão sempre relacionadas ao vírus HPV ou podem ter outra origem?

Descubra agora se as verrugas genitais estão sempre relacionadas ao vírus HPV ou podem ter outra origem?

 

Verrugas Genitais
Verrugas Genitais

 

Na maiorias dos casos, as verrugas genitais, também verrugas na boca, verrugas anogenitais, conhecidas como Condiloma Acuminado, são sim na maioria absoluta causada pelo vírus do papiloma humano.

Dr. Mauro Romero Leal Passos – Niterói/RJ

 

 

Como identificar as verrugas genitais

Como identificar as verrugas genitais:

As verrugas genitais tecnicamente chamadas de condiloma acuminado, verrugas venéreas são lesões na pele produzidas pelo vírus hpv, trata-se de uma infecção viral e são geralmente transmitidas diretamente de pessoa a pessoa através do contato íntimo, quando a imunidade está baixa, porém, esta infecção tem cura e se for tratada corretamente não é grave, o tempo de incubação pode variar de semanas a meses e logo que elas sejam identificadas deve se realizar o tratamento para evitar as possíveis complicações que elas podem trazer.

Características das verrugas genitais:

As verrugas genitais localizam-se junto aos órgãos genitais masculinos ou femininos, em torno do ânus ou mesmo no canal anal, e nas regiões próximas como virilhas, geralmente as verrugas genitais são parecidas com as do resto do corpo e não causam dor, podem ser pequenas ou grandes da cor da pele rosadas ou acastanhadas rosas ou ásperas ao toque podendo ter aspecto de couve flor, ou de crista de galo, as verrugas são crescimentos benignos causados pela infecção viral da camada mais superficial da pele, ou membranas mucosas como se pega a transmissão das verrugas genitais ocorre através do contato íntimo sem preservativo, e após a infecção da verruga estar presente pode levar um mês a um ano ou até mais para aparecerem as verrugas, os bebês também podem ser contaminados desenvolvendo lesões na face, na boca, ou na região da garganta, quando nascem de parto normal, e a mãe está com a infecção ativa no momento do parto, exames como nem todas as verrugas genitais podem ser vistas a olho nu, o ginecologista poderá solicitar um exame de papanicolau e uma colposcopia ou peniscopia, no caso dos homens para poder identificar a presença do vírus nos tecidos da região íntima.

Como tratar:

O tratamento para verrugas genitais é normalmente feito com o uso de cremes e pomadas, no entanto em alguns casos o médico poderá indicar a retirada das verrugas com lazer crioterapia com nitrogênio ou fazendo cirurgia o tempo de tratamento completo pode demorar até dois anos, e por vezes após o tratamento ocorre o reaparecimento das lesões nos órgãos genitais.